Uma família comprometida

O que parece complicado demais, acaba por ser bem simples. A fórmula perfeita para construir uma família tem por base a centralidade de Deus nas nossas vidas!

Há que colocar Deus em primeiro lugar dentro da família. Há que colocar Deus em primeiro lugar quando ensinamos os nossos filhos. Há que colocar Deus em primeiro lugar na nossa vida. E a única forma de colocarmos Deus em primeiro lugar é conhecermos Jesus, o Seu amado Filho, o único que nos pode conduzir para a plenitude do Pai.

Não sei se alguma vez olharam para a Bíblia à procura de textos que nos falem de como devemos colocar a família em primeiro lugar na nossa vida. A resposta é que não há! Para quem é novo na Igreja isto pode parecer chocante, mas isso acontece porque não há nada nem ninguém que possa retirar a Deus o primeiro lugar que deve ocupar sempre nas nossas vidas. A família é importante? Sem dúvida. Foi instituída por Deus como uma ordenança que nos deve guiar e sustentar a todos os níveis. Porém, nem sequer a família deve retirar de nós o foco da centralidade de Deus na nossa vida.

Esse é o ensino do próprio Jesus. Em Mateus 10 Jesus chama os seus discípulos e envia-os em missão. Nesse envio Jesus deixa clara qual será a sua missão. Eles são enviados à casa de Israel, aos escolhidos de Deus, para anunciarem que o Reino de Deus está a chegar. Eles devem dar de graça aquilo que de graça receberam. Devem ir humildes e sem posses que os distraiam. Porém, eles têm de saber que serão entregues às autoridades para serem julgados, mas Deus estará com cada um dos seus discípulos sempre. Atenção, Jesus avisa que, nesse caminho, quem o negar diante dos homens será negado diante de Deus pelo próprio Jesus. Então Jesus diz no v.37

Aquele que amar o pai ou a mãe mais do que a mim, não é digno de mim; e o que amar o filho ou a filha mais do que a mim, não é digno de mim.

Se ser «cristão» significar um compromisso sério com Cristo, então veremos os nossos filhos crescerem em graça, as nossa família serem fortalecidas e o nosso casamento ser restaurado. Tudo isso acontecerá se Deus estiver em primeiro lugar nas nossas vidas.

Porém, se como «cristãos» não colocarmos Cristo como principal compromisso da nossa vida a nossa vida irá desabar.

A Igreja em Jerusalém, logo a seguir à subida de Deus para junto do Pai, devia ser algo extraordinário. As pessoas vendiam o que tinham e partilhavam tudo na medida das suas necessidades. Todos os dias iam ao templo e louvavam a Deus. E muitos eram salvos. Porém, nestes dias em que era possível ver o número de pessoas que eram salvas a crescer, a Bíblia conta-nos a história de Ananias e Safira, que venderam também a sua propriedade. Porém, em vez de serem honestos, decidiram dar só parte do valor da propriedade aos apóstolos. Mentiram, porque o compromisso com Deus não era o mais importante. Havia desejos pessoais, havia vontades pessoais, havia justificações para agir daquela forma. Pelo menos assim achavam… mas não há meias mentiras quando tratamos com Deus. Ou estamos a ser honestos ou nos afastamos de Deus.

Para este casal, a serem «cristãos» foi um peso tremendo sobre os seus ombros e a sua família desmoronou.

Se não temos um coração consagrado a Deus, iremos enfrentar momentos de grande tribulação porque nalgum momento nos será dito: Aquele que amar o pai ou a mãe mais do que a mim, não é digno de mim; e o que amar o filho ou a filha mais do que a mim, não é digno de mim.

Deus diz no Salmo 37:5-6

Põe a tua vida nas mãos do Senhor, confia nele e ele te ajudará. Ele fará brilhar a tua retidão e a tua justiça como o Sol brilha ao meio-dia.

Noutras palavras: Coloca Deus em primeiro lugar e sentirás que Deus te coloca em primeiro lugar. É isso que Deus diz em Deuteronómio, se ensinarmos os seus estatutos vamos descobrir que Deus toma conta de nós em todo o momento. Se continuarmos a ler o Salmo 37 vamos ver que o versículo 11 diz:

Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz.

Ouçam, quando confiarmos no nosso Deus, quando descansarmos em Deus, quando a ira abandonar o nosso interior, quando confiarmos que a vontade de Deus prevalecerá, então saberemos que a terra pertence aos mansos. Jesus no início do seu ministério irá dizer no seu primeiro grande sermão, ao ver as multidões a se aproximarem: Bem-aventurados são os mansos… aqueles que confiam em Deus e descansam em Deus, porque eles herdarão a terra.

Se dejamos ter famílias saudáveis temos de aprender a buscar primeiro o Reino de Deus e tudo o mais nos será acrescentado.

Deus é bom… Deus importa-se contigo e com a tua família, por isso enviou Jesus para nos tirar do poder da escravidão.

Confia em Deus e ensina os teus filhos a confiar.

Anúncios

Um comentário em “Uma família comprometida

  1. Muito obrigada pelo texto.maravilhoso, edificante e de fácil entendimento.
    Realmente o nosso Deus deve ocupar o primeiro lugar em nossas vidas. A partilhar com amigos pastores e irmãos in Brasil
    Deus continue a abençoar Rev. Luis de Mattos e família
    A paz!
    Marlene Amorim da Costa maciel

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s